sábado, 14 de janeiro de 2012

TINHA A MINHA CARA



11 comentários:

  1. Salve, Alexandre!

    Parabéns pela ideia. Adoro essas histórias de feituras de canções. Só duas sugestões:

    1) Põe a(s) letra(s) abaixo do vídeo, pra gente acompanhar.

    2)Vai no share do soundcloud, copia o "embed code" e cola na própria página do blog, daí vídeo, canção e letra ficam todos na página do blog. Eu faço isso no meu.

    Abração do
    Léo.

    P.S. Vê se agora vai, né? O outro blog começou com força total, depois você foi esmoreceeeendo...

    ResponderExcluir
  2. Valeu parceiro !!estamos fazendo historia com belas cancões e eu gosto de todas nossas crias que saem sempre ajustadas ,boas pra cantar e com gosto de mostrar ao mundo.
    Vamos fazer mais nesse novo ano.Graaande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso, logo logo te mando letras novas, valeu!

      Excluir
  3. Grande Canção, composição tem que ter transpiração e entrega. Acho que esse é o grande barato das parcerias...

    Abração ao Guilherme também

    Rogerio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A criação em parceria é mesmo um barato, talvez seja a coisa mais enriquecedora do processo criativo. Nossas parcerias não estão esquecidas não, ainda essa semana gravo e te mando!

      Excluir
    2. Alexandre, vá no seu tempo... espero ter a sorte de emplacar muitas parcerias contigo... curto pra caramba suas composições e sua camaradagem... Grande Abraço e continue firme com o blog que é uma grande escola ouvi-lo narrar as estórias...
      é isso mestre... abração !

      Excluir
  4. Vejo que sua autêntica disposição para o diálogo perpassa todas as suas parcerias: musicais e afetivas! Você é um grande compositor, Alexandre!

    ResponderExcluir
  5. quem não nos conhece pode imaginar que é sempre assim...
    esse bate bola e questionamento foi só na primeira parceria...as outras na maioria foram de "prima"sem retoques ...estou aguardando as próximas !!abraços!!

    ResponderExcluir
  6. Rondon, meu mestre! Não se esqueça de que eu tô no banco de reservas, mas aquecido. Precisando, eu entro! E a vontade de fazer o gol é grande, nem que seja gol de canela! Hahaha!!!

    Abração do
    Léo.

    ResponderExcluir